Zanol Tean Rinaldi ASW e Rômulo Bottrel (E1), Campeões Brasileiros 2016

Adicionado em 26 de setembro de 2016

Chega ao fim o Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2016, e o time comandado por Felipe Zanol chega a mais uma conquista, desta vez com Rômulo Bottrel, Campeão Brasileiro da Categoria E1. O vice da categoria foi Bruno Martins, também piloto Zanol Team Rinaldi ASW Honda, que ainda conquistou mais três vice campeonatos, com o próprio Bottrel na Geral, com Julio Ferreira na E2 e Michel Cechet na E35. Ao final, os resultados deixaram um mix de sentimentos na equipe, com a alegria pela conquista de mais um título, mas uma sensação de que poderia ter sido ainda melhor.
Rômulo Bottrel chegou para a etapa final com poucas chances de lutar pelo título Geral, mas com a mão no caneco da categoria E1, que dominou amplamente durante a temporada. Com grandes chances de chegar na segunda colocação da mesma categoria estava Bruno Martins, que confirmou o bom desempenho da temporada para garantir a segunda colocação, e garantindo a dobradinha da equipe. Julio Ferreira terminou o ano satisfeito com seu desempenho geral depois de ficar com o Vice Campeonato na classe E2, de ter vencido etapas inclusive na Geral e confirmado sua recuperação. Michel Cechet, que liderou boa parte do Campeonato na categoria E35 e lutava para conquistar o Bi-Campeonato, acabou superado por seu adversário na etapa final e acabou na segunda colocação.


Felipe Zanol, chefe da equipe Zanol Team Rinaldi ASW Honda: “Foi um final de semana de confirmação para nós. A dobradinha na categoria E1 com o Rômulo Bottrel em primeiro e o Bruno Martins em segundo, que se adaptou muito bem a sua nova categoria, foi um alento para nós. É sempre bom poder comemorar um título, tanto para a equipe, quanto para os pilotos e patrocinadores. Mas sinceramente, nossa meta era ainda mais alta. O Julio conseguiu evoluir muito ao longo do ano e mostrar a velha forma de antes, para terminar na segunda colocação na E2 tendo inclusive conquistado uma vitória Geral na penúltima etapa. Já o Michel chegou para esta etapa sabendo que teria uma tarefa dificílima de segurar o Nielsen, seu grande adversário este ano na briga pelo título da E35. Ele pilotou forte durante os dois dias, mas não o suficiente para vencer. Alem do mais, ainda sofreu um entorse no joelho que acabou tirando ele pela disputa no segundo dia. Uma pena. Ainda temos pela frente a final da Copa EFX onde estamos liderando e na disputa por diversos título. Vamos para esta prova com força total para fecharmos a temporada com chave de ouro. Antes, gostaria de agradecer nossos patrocinadores e apoiadores, e dar os parabéns a toda a equipe organizadora do Campeonato e aos promotores de cada etapa. Mais uma vez um campeonato de alto nível.”
Rômulo Bottrel, piloto Zanol Team Rinaldi ASW Honda.: “Estou feliz com o título da categoria E1, e ainda mais satisfeito porque o Bruno acabou em segundo também, mas minha temporada foi muito irregular para que eu pudesse lutar pela vitória na geral. Tive momentos de grande nível técnico ao longo do ano, mas também tive etapas onde pilotei muito abaixo do meu potencial. Em um campeonato assim, com um adversário tão forte, eu não poderia ter oscilado tanto. Ele foi melhor e fez por merecer. Ainda temos a Copa EFX para fechar o ano e lá temos grandes chances de conquistar novos título, tanto pessoais como para a equipe.”
Bruno Martins, piloto Zanol Team Rinaldi ASW Honda.: “Estou feliz com meu desempenho este ano. Mesmo sem poder treinar tudo o que eu precisava, pois meu trabalho não me permite treinar mais, ainda assim consegui ótimos resultados na temporada. Neste final de semana andei bastante forte, especialmente no domingo, quando consegui atacar mais. Quero muito fechar o ano com chave de ouro lá na EFX também.”
Julio Ferreira, piloto Zanol Team Rinaldi ASW Honda.“No final está sendo uma boa temporada para mim. Apesar do Vice campeonato na classe E2, fiz algumas provas muito boas este ano, especialmente no segundo semestre, quando comecei a me sentir mais seguro e em forma. Fiz uma boa prova aqui no Serrazul e termino o Campeonato Brasileiro com uma sensação de dever cumprido. Agora é focar na final da EFX.”
Michel Cechet, piloto Zanol Team Rinaldi ASW Honda.: “Hoje não deu. Fiquei com um gosto amargo na boca, afinal, consegui manter a liderança do Campeonato durante todo o ano, mesmo sabendo que a briga seria até o final da ultima especial. Aqui no Serrazul o Nielsen foi melhor do que eu e fez por merecer a vitória. No primeiro dia eu não estava muito à vontade com o terreno mas comecei bem o segundo, atacando nas especiais. Mas, acabei levando uma queda e machucando o joelho o que me tirou definitivamente da briga. Uma pena. Mas, preciso dar os parabéns ao Nielsen e agradecer a equipe e nossos patrocinadores pela temporada. Foi uma briga muito boa.”

Próximo Compromisso
Copa Brasil EFX

23/10 – 5ª Etapa EFX Brasil
Biritiba Mirim – SP

Compartilhe esta notícia

zanolfelipe

Responder

Comente esta notícia